Quarta, 23 Dezembro 2009 11:29

Laminina - A Proteína em Forma de Cruz

Escrito por Jessé Elísio Silva
Avalie este item
(2 votos)

A cruz é um dos principais símbolos do cristianismo. Mas maior que a representatividade dela para a religião é o seu significado para as nossas vidas.

A cruz é o marco final do ministério de Cristo. É o ponto de consumação da obra de salvação. É o nascimento da graça e a reafirmação do amor.

 

Após o pecado de Adão a humanidade se manteve afastada de Deus e tentando se justificar por suas próprias obras. Abria-se cada vez mais um abismo que nos separava de Deus.

 

Até que o próprio Cristo “se fez carne e habitou entre nós, e vimos a sua gloria como a do Unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade” (Jo 1:14).

Verdade, por que Nele toda hipocrisia humana é jogada por terra. Não há espaço para dissimulações e farsas. Diante dele não se pode fingir ser o que não é. E nem é preciso por que ele sabe de todas as coisas.

Graça,  porque, Nele e por Ele todos os nossos pecados foram perdoados. Não sendo merecedor ele se ofereceu a morte, e na cruz do calvário foi moído e o castigo que nos trás a paz estava sobre ele.

O que Cristo fez na cruz foi restabelecer o relacionamento entre nós e Deus. Ele justificou nossos pecados e nos uniu novamente com o Pai.

Assista o vídeo abaixo, e veja se não é fantástica a coincidência tanto da estrutura da proteína e principalmente do que ela representa ao organismo com o que representa a cruz para nós.

 

As figuras abaixo ilustram a Laminina, citada no vídeo acima.

Laminina

alt

Estrutura da Laminina Foto da Laminina

{jcomments on}

Lido 8630 vezes Última modificação em Sexta, 12 Outubro 2012 12:16

Jovens Consagrados